Desporto

AAC candidata-se às Fases Finais dos Campeonatos Nacionais Universitários

Leonor Viegas

Iniciativa promete impulsionar mobilidade, transporte, espaços desportivos, turismo, alojamento e alimentação em Coimbra. Competição conta ainda com momentos de debate e convívio. Por Leonor Viegas

A Associação Académica de Coimbra (AAC) apresentou no dia 5 de abril, à Federação Académica do Desporto Universitário (FADU), a Candidatura às Fases Finais dos Campeonatos Nacionais Universitários de 2025. A iniciativa, desenvolvida em colaboração com a Câmara Municipal de Coimbra (CMC) e com a Universidade de Coimbra (UC), é considerada o maior evento multidesportivo em Portugal. Catarina Costa, atleta da Secção de Judo da AAC, e André Sousa, guarda-redes da seleção nacional de futsal, vão ser os embaixadores da competição, que vai contar com a presença de cerca de 30 instituições de Ensino Superior.

Em conferência de imprensa, Diogo Lopes, vice-presidente da Direção Geral da AAC (DG/AAC), garantiu que durante as duas semanas de provas vão passar por Coimbra cerca de 1500 agentes desportivos para competir por cinco modalidades. Segundo o dirigente, o projeto vai ter um impacto significativo em várias vertentes, como “a mobilidade, o transporte, os espaços desportivos, o turismo, o alojamento e a alimentação”.

Segundo o dirigente, o alojamento vai ser assegurado por oito a dez hotéis da cidade e a alimentação pelas cantinas da UC. Para facilitar a mobilidade dos atletas, a organização tem em mente a “criação de uma linha de transporte própria, que une, através dos serviços municipais, o Polo do Estádio Universitário e o Polo Solum”, explicou Diogo Lopes. 

Diogo Lopes esclareceu que os campeonatos vão decorrer entre o Estádio Universitário da UC, o Pavilhão Engenheiro Jorge Anjinho, o Pavilhão Municipal Multidesportos Mário Mexia e o Estádio Cidade de Coimbra. A iniciativa vai contar ainda com a realização da cerimónia de apresentação e de sorteio, bem como de abertura e de encerramento, que vão ter lugar nas instalações da AAC, da CMC e da UC. Ao longo das duas semanas vão decorrer outras atividades como momentos de desporto informal, de debate e de diversão noturna.

O vice-presidente da AAC colocou ainda em hipótese uma parceria com a Faculdade de Economia da UC para a realização de “um estudo acerca do impacto socioeconómico que a competição pode ter na cidade”. O evento estende-se ainda à Faculdade de Desporto, que pode beneficiar com a recolha de resultados para trabalhos académicos, e à Faculdade de Medicina, com a oportunidade de realizar rastreios durante as provas.

O reitor da UC, Amílcar Falcão, manifestou a vontade de “continuar a realizar eventos desportivos de alto rendimento”, cada vez com maior exigência. Relembrou que, para além das Finais dos Campeonatos de Desporto Universitário, também o Campeonato Mundial de Canoagem e os Europeus de Padel e Voleibol vão ter lugar em Coimbra. Por fim, o dirigente reforçou a importância de “potenciar o desporto universitário a nível nacional e internacional para envolver a comunidade académica”.

To Top