Cultura

Poemas de abril: celebração de 50 anos de liberdade

Arquivo

Celebração do 50º aniversário da Revolução dos Cravos mobiliza veículo militar para declamação de poemas. Os jovens “respiram democracia”, reflete coordenador. Por Matilde Mendes

No âmbito das comemorações do 25 de abril, no próximo sábado, dia 16 de março, vai ser realizado o evento “50 anos, 50 poemas de Abril”. Com a colaboração da Cooperativa de Teatro Bonifrates e da Associação 25 de abril, uma viatura Chaimite – veículo simbolicamente associado à Revolução dos Cravos – vai percorrer vários locais da cidade, havendo em cada um deles uma leitura de poemas alusivos à data. Este trajeto vai ter início pelas 10h no Quartel de Santana e vai finalizar no Rossio de Santa Clara, por volta das 17h.

João Paulo Almeida e Sousa, membro do Grupo de Arqueologia e Arte do Centro (GAAC) e coordenador da iniciativa recorda a importância deste veículo blindado, por considerar um “ícone do 25 de abril”. A sua presença é perspetivada como “chamativa” e vai ser utilizada de forma a “propagar e divulgar a mensagem de abril” por parte de elementos da cooperativa Bonifrates, que vão recitar poemas de autores portugueses acerca da data.

O membro da GAAC considera esta uma iniciativa como um interesse da comunidade conimbricense, mas sobretudo dos jovens, os quais atualmente “respiram democracia”. A mobilização da comunidade estudantil é interpretada pelo mesmo como “importante” para “perceber o que era Portugal antes do 25 de abril” sendo que esta “não faz ideia” do que foi viver em censura e repressão. 

Neste sentido, “qualquer forma de divulgação é essencial” na opinião de João Paulo Almeida e Sousa, que manifesta a expectativa de “alguma” adesão por parte da população. Continua ao dizer que todas as iniciativas que divulgam o 25 de abril têm o reconhecimento dos cidadãos de Coimbra e que, neste “formato diferente”, o evento “chama a atenção” para a transmissão da mensagem desta data histórica para a democracia nacional.

To Top