Ciência & Tecnologia

FCTUC abre Mestrado em Engenharia Biotecnológica

Cedida por Beatriz Ormonde

Curso surge em resposta a procura por indústria e estudantes. Objetivo é habilitar alunos com ferramentas tecnológicas e digitais avançadas. Por Pedro Cruz

A Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Coimbra (FCTUC) abriu um Mestrado em Engenharia Biotecnológica (MEBT), que vai ter início no ano letivo 2024/25. O coordenador do curso, Jorge Pereira, explica que este foi pensado devido ao crescimento das áreas de Biotecnologia Industrial e Engenharia de Bioprocessos em Portugal. Informa que o mestrado tem em vista questões como a transição climática e a passagem do modelo de economia linear para um de economia circular baseada em processos biológicos mais sustentáveis.

O docente do Departamento de Engenharia Química da FCTUC considera que o curso está rodeado de um “ecossistema interessante”, com a presença de agrupamentos de biotecnologia próximos, como o Biocant Park, em Cantanhete, e a Bluepharma, em Coimbra. Para Jorge Pereira, este mestrado vem preencher a necessidade sentida por essas indústrias, que querem desenvolver projetos de investigação e procuram profissionais qualificados, tal como por estudantes interessados em especializar-se na área. Comenta ainda que o setor quer engenheiros químicos com formação em Biotecnologia e em Bioprocessos, áreas que considera estarem “em falta” no ensino. A seu ver, este curso vai colmatar esta falha ao permitir que os alunos se habilitem com ferramentas tecnológicas e digitais avançadas.

Caso o mestrado tenha sucesso, Jorge Pereira acredita que “faz todo sentido” a UC abrir também uma licenciatura em Biotecnologia. Contudo, o coordenador pensa que é preferível oferecer uma especialização avançada, o que pode levar quem já está no mercado de trabalho a voltar para a universidade.

As candidaturas para a primeira fase estão abertas desde o dia 1 de março e encerram a 1 de abril. Além desta, os interessados podem ter acesso a mais duas fases: de 3 de junho a 15 de julho e de 2 a 13 de setembro de 2024. Como condições de acesso, o estudante precisa ser licenciado em: Engenharias Biotecnológica, Biológica, Química ou Bioquímica; Bioengenharia, Biotecnologia, Bioquímica, Ciências Biológicas; Química Industrial e Tecnologia Química.

To Top