Ensino Superior

Abril cultura mil: Semana Cultural na ESEC

Fotografia gentilmente cedida pela ESEC

Atividades relativas a todas as licenciaturas da instituição. A participação do público e a divulgação como questões que inibem a eficácia desta atividade. Por João M. Mareco

Decorre na Escola Superior de Educação de Coimbra (ESEC) a Semana Cultural – “Colaboração”. A atividade pauta entre os dias 8 a 12 de abril. Na opinião de Diana Sofia, aluna da licenciatura em Animação Socioeducativa e organizadora, a realização de ‘workshops’ e palestras relativas às unidades curriculares lecionadas na instituição é a maior valência desta iniciativa.

“Colaboração” é a palavra representativa do evento. A escolha deve-se ao objetivo primordial de alicerçar relações entre as várias licenciaturas da ESEC, mediante a existência de um variado leque temático que abrange o “campo artístico à área da ação social”, como explica Diana Costa, que partilha a licenciatura e a organização do evento com Diana Sofia.

Diana Sofia confessa que a presença dos alunos da ESEC neste tipo de iniciativas “nunca é a esperada”. Na opinião da aluna, a abstenção da comunidade estudantil deve-se ao desinteresse generalizado dos estudantes. Para solucionar esta situação, Diana Sofia idealiza a criação de um espaço comum onde os estudantes possam “desenvolver o seu espírito crítico” de forma estarem sensíveis aos problemas das sociedades.

No que toca à publicitação do evento, a aluna refere que o mesmo deveria de ter sido divulgado de forma mais atempada. Defende ainda que o projeto era mais proveitoso se fosse organizado desde o “início do ano”, uma vez que as “três, quarto semanas de organização da atividade” representam pouco tempo. “Houve respostas que só surgiram na semana passada”, lamenta.

A Semana Cultural é organizada pelos segundanistas da licenciatura em Animação Socioeducativa, em parceria com a Escola de Educação Sénior. Esta trata-se de um projeto de animação socioeducativa que nasce da parceria entre o Instituto Humanus e a ESEC, e tem como principal objetivo garantir a participação ativa da população sénior. Segundo Diana Costa, a interação entre a população estudantil sénior e os alunos da ESEC é fundamental. “O contacto intergeracional é muito importante, há sempre partilhas de conhecimentos”, garante.

To Top